Descarte de resíduos têxteis

Descarte de resíduos têxteis I Entenda como fazer corretamente

Meio Ambiente

O descarte de resíduos têxteis está ligado a indústrias do ramo de tecidos. Compondo o Top 5 de indústrias mais poluentes, o segmento têxtil promove impactos ambientais difíceis de mensurar. Para entender quais medidas podem ser tomadas para mitigar os danos do descarte incorreto de tecidos e como se enquadrar nas boas práticas socioambientais, fique por aqui, te contaremos tudo neste artigo.

Mais demandas, mais impactos ambientais

Conforme informações da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT), o segmento de produção de tecidos e derivados vem apresentando um número significativo e ascendente em suas demandas.

A facilidade de realizar compras no mundo digital, é um dos fatores que  vem contribuindo para o aumento de consumo do setor têxtil que, por sua vez, vem sentindo os impactos positivos nas vendas. Conforme dados da ABIT, atualizados em fevereiro deste ano, o faturamento da cadeia têxtil e de confecção atingiu o número de R$ 161 bilhões em 2020, sendo US$ 1,06 bilhão em exportações.

No entanto, embora este cenário seja visto positivamente pela economia, o descarte inadequado de tecidos vem causando danos elevados ao meio ambiente. 

A Prefeitura de São Paulo, sinalizou que são produzidas aproximadamente 170 mil toneladas de resíduos têxteis anualmente no Brasil. Aproximadamente 40% desse valor é descartado de forma regular, enquanto os demais 60% são descartados irregularmente em aterros sanitários ou utilizados inadequadamente em fundições para queima.

A previsão, é que as performances da indústria têxtil continue crescendo, por isso, é essencial que as empresas do segmento se atentem às boas práticas ambientais e sociais, para que não precisem arcar com multas ou receba algum impedimento de suas atividades em razão do mal gerenciamento de descarte de sua cadeia produtiva têxtil.

Por que minha empresa deve descartar os resíduos têxteis corretamente?

Conforme alude a Lei nº 12.305/2010 o descarte incorreto de resíduos têxteis é considerado crime ambiental. Isso porque, como citado acima, ao executar o descarte incorretamente, provocamos danos que contribuem para prejuízos ao meio ambiente, como:

  • mudanças climáticas;
  • poluição química;
  • efeitos prejudiciais à saúde humana (em caso de incineração), devido às tinturas e outros químicos adicionados aos tecidos.
Descarte de resíduos têxteis
Descarte de resíduos têxteis

ESG, indústria de tecidos e descarte de resíduos têxteis

Para que as empresas consigam se adequar às diretrizes do ESG,  é necessário atender medidas e boas práticas no que se refere ao meio ambiente e a sociedade. Dessa forma, os cuidados com o descarte têxtil precisam ser executados corretamente. Uma vez que, todo o acúmulo de resíduos que vem se formando em aterros sanitários, prejudica não só a esfera ambiental através de poluição e contaminação de solo, como afeta também a população que a longo prazo é afetada pelos danos das mudanças climáticas e poluição química. 

Alternativas para as indústrias executarem o descarte têxtil deve seguir um fluxo de descarte da seguinte forma:

  • não gerar lixo, se não puder, reduzir a quantidade gerada,
  • se não puder reduzir mais, reutilizar o que foi gerado, 
  • se não puder mais reutilizar, reciclar, se esgotar a reciclagem, faz aproveitamento energético e se não puder mais, manda para o aterro sanitário.

Seguindo este caminho, o aterro sanitário deverá ser a última opção no descarte. Separamos mais 4 opções de como descartar os resíduos têxteis atendendo o fluxo citado acima:

Reciclagem

A mais popular e prática é a reciclagem. Os tecidos descartados corretamente, se enviados para a reciclagem, podem passar pelo processo de  desfibrilação dos fios, no qual os mesmos poderão ser reutilizados como matéria-prima para novas fabricações.

No Brasil o processo de reciclagem têxtil ainda é deficiente com poucas opções de postos que atendam a este tipo de material. 

O apoio governamental e de instituições privadas pode colaborar para que pessoas capacitadas possam se envolver e reinventar os tecidos descartados.

Aproveite e leia nosso artigo sobre as obrigações relacionadas à reciclagem. Clique AQUI!

Descarte ecológico de tecidos

Para aquelas indústrias e pessoas que querem realmente evitar o acúmulo de resíduo descartado de forma inadequada, há o descarte ecológico.

Neste formato, você alinha com uma organização que executa este tipo de atividade, e agenda as datas e os horários para que a coletagem dos resíduos têxteis e, assim, realize corretamente o manuseio e descarte conforme dispõe a  Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

Doação

Uma prática que está ao alcance de todos é a doação. Além de fazer bem pra quem pratica, faz bem para quem recebe. 

Essa alternativa pode ser direcionada para ONGs e pequenas instituições que conseguem aproveitar maior parte do material descartado quando em bom estado. 

Assim, o tecido que se resultaria em acúmulo de lixo, pode ser transformado em bolsas de pano, blusas, brinquedos, e muito mais. 

As indústrias de tecido que optam por diminuir os impactos causados pelo descarte de resíduos têxteis, de forma incorreta, através da doação. Não só, mitigar os danos presentes e futuros no meio ambiente, como também levam a possibilidade de desenvolver trabalhos com o material doado. 

Logística reversa

Conforme o sistema de Logística Reversa, as empresas também são responsáveis pelo que acontece após o alcance final dos seus produtos, ou seja, pelo pós consumo.

Por isso, é comum encontrarmos medidas de algumas organizações no que se refere a logística reversa.  Os pontos de coleta são um dos instrumentos mais comuns. Um exemplo disso, são lojas de departamento que possuem caixas para que os cliente deposite as roupas que não usam mais e pretendem desapegar.

O papel da empresa e o papel da população no descarte de resíduos têxteis

Para a logística reversa funcionar, o apoio coletivo é indispensável. É essencial uma consciência explicando o porquê a sociedade deve ter a se atentar aos prejuízos que o descarte inadequado traz para a sociedade.

Uma das formas inteligentes que as empresas podem utilizar para campanha de logística reversa, doações e afins, é promover campanhas com descontos, brindes e bônus que induzam os clientes a fazer o descarte de resíduos têxteis de forma correta e com isso institui a cultura e a conscientização do lixo de tecidos e o meio ambiente. 

Segunda dados da ABIT, o Brasil é referência mundial em design de moda praia, jeanswear e homewear, tendo crescido também os segmentos de fitness e lingerie; Então vamos nos capacitar e instituir a cultura do descarte correto de materiais têxtis e assim nos ornamos referencia também neste assunto. 

Você sabia dessas alternativas?

Conte para a gente no comentário o que achou deste artigo e deixe suas sugestões!

Até a próxima leitura!

*Feito por: Manuelle Meira – Colaboradora da Ius Natura

2 comments

  1. MARIA CECILIA LOHNER

    Olá, gostei da matéria sobre descarte e resíduos têxteis mas gostaria de saber o endereço ou como faço pra descartar retalhos de poliamida/elastano e tecidos velhos em mau estado. Obrigada.

    1. Olá, Maria Cecília!

      Um dos locais que coletam tecidos inteiros é o ‘’Banco de Tecidos’’, com unidades em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre. Você pode enviar um e-mail para [email protected] ou entrar em contato pelo telefone (0xx11) 4371-3283 para saber mais informações.

      Caso você esteja localizada em outras regiões, indico que entre em contato com alguma fábrica de tecido da sua cidade e tente realizar a doação.

      Espero ter lhe ajudado e fico feliz por você ter gostado do artigo.

      Até a próxima leitura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ius Natura © 2021. Todos os direitos reservados.