fbpx
Resíduo

Descarte de resíduos contaminados com Covid-19 | Você sabe quais cuidados deve adotar?

Meio Ambiente

Neste artigo, discorremos sobre o armazenamento e o descarte de resíduos contaminados com o Coronavírus e sobre quais procedimentos devem ser adotados para que não haja transmissão deles.

Acondicionamento de resíduos

Com a pandemia do Coronavírus, as empresas e pessoas devem tomar cuidados redobrados no descarte de resíduos.

Os resíduos contaminados ou com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus devem ser colocados em sacos resistentes e descartáveis devidamente fechados.

Além disso, devem ser colocados em contentores de resíduos.

Isso faz com que seja evitada a transmissão do Coronavírus por meio desses resíduos.

Covid-19: O Coronavírus

O número de pessoas infectadas com coronavírus no Brasil, infelizmente, aumenta a cada dia. Até o dia 08 de abril, eram 14.152 casos confirmados, um número bastante expressivo para pouco mais de um mês do vírus no país.

As principais medidas contra o vírus são o isolamento social e a higienização de mãos e objetos.

Além disso, as empresas devem tomar cuidado também com os seus resíduos.

Devem ser feito o armazenamento e o descarte corretos para que não haja contaminação por essas vias.

O novo Coronavírus, ou COVID-19, é um agente biológico da família dos coronavírus capaz de causar infecção respiratória.

Foi descoberto em dezembro de 2019 na China, após o vírus infectar moradores de Wuhan.

Acreditam que a contaminação pelo vírus tenha vindo de animais vendidos no mercado central dessa província.

Resíduos contaminados com Coronavírus e não contaminados. Como proceder?

Para combater o vírus, a Organização Mundial de Saúde – OMS recomenda medidas como higienização das mãos com água, sabão ou álcool em gel.

Além disso, proteção com os braços ou uso de lenços de papel para cobrir secreções e gotículas de saliva, além de se evitar o contato humano.

É importante ressaltar que as empresas também devem fazer sua parte no que se refere ao combate e controle ao Covid-19.

A gestão adequada dos resíduos é um importante passo de mitigação dos riscos.

Resíduos Contaminados que não sejam de serviço de saúde

Os restos contaminados com COVID-19 devem ser manejados de acordo com as determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Todo resíduo contaminado deve ser acondicionado em sacos resistentes e descartáveis.

O limite máximo de peso dos sacos também deve ser respeitado, ou seja, devem ser substituídos quando atingirem 2/3 de sua capacidade.

O saco com os resíduos deve ser introduzido em outro saco limpo, resistente e descartável.

Em toda etapa de gerenciamento os sacos devem permanecer dentro de recipientes de acondicionamento tampados. O material desses contentores devem ser do tipo lavável, resistente à ruptura, vazamento e tombamento.

Havendo indícios de contaminação, o resíduo deve ser classificado de acordo com a NBR 10004 e receber uma destinação ambientalmente adequada.

Resíduos contaminados em serviço de saúde

Os resíduos contaminados por coronavírus advindos de atividade de serviço de saúde devem ser classificados de acordo com a RDC 222/18 e Resolução CONAMA 358.

Deverão ser acondicionados em sacos duplos vermelhos, fechados com lacre ou nó duplo e esse saco deve ser sinalizado com o símbolo de substância infectante.

Resíduos não contaminados

Continue realizando seu manejo de resíduos da maneira como sempre fez.

A ABES afirma, ainda, que mesmo que você tenha utilizado máscaras e luvas descartáveis, se não houver risco de contaminação, elas poderão ser descartadas em lixo comum, bastando os cuidados necessários de sempre fechar seu lixo de forma adequada.

*Por Julianna Caldeira e Tatyanne Werneck

2 comments

  1. Anderson Corrêa Corrêa

    Parabéns,ÓTIMA ABORDAGEM !!!

    1. Muito obrigada, Anderson!

      Ficamos felizes que você gostou!!!

      Volte sempre, toda semana postamos conteúdo pra você!

      Volte sempre! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ius Natura © 2019. Todos os direitos reservados.